Postagens

Mostrando postagens de Junho 17, 2012

Guia prático da pseudociência negacionista

Imagem
Negacionismo é um fenômeno que ocorre quando um determinado dado da realidade, confirmado por sólida evidência científica, por algum motivo, desagrada tão profundamente uma determinada parcela da sociedade que passa a ser lucrativo -- psicológica, política ou financeiramente -- tergiversar a respeito. Hoje em dia a vítima mais evidente é o aquecimento global de origem humana, mas já houve picos envolvendo, por exemplo, a natureza cancerígena da fumaça de tabaco, a evolução das espécies por meio de seleção natural, o Holocausto na 2ª Guerra. Embora cada um dos negacionismos citados tenha especificidades próprias, há algumas estratégias comuns, adotadas por todos. Um livro que trata do assunto é o Merchants of Doubt . Abaixo, apresento algumas das jogadas clássicas do negacionismo: Encontre acadêmicos que defendem o seu ponto de vista. É só procurar. Do mesmo modo que conviver com a Hustler (e, vá lá, com a Veja ) é o preço a pagar pela  liberdade de imprensa, o preço da liberdade

Preservando a lacuna necessária

Imagem
Uma queixa muito comum, na boca dos conservadores, é a que se ergue contra uma suposta "interferência indevida" do Estado na vida das pessoas -- um exemplo típico da retórica aparece neste artigo de Luiz Felipe Pondé , sobre " bullying intelectual". Ele se queixa de uma suposta judicialização da sociedade, onde conflitos e dilemas que deveriam ser resolvidos pela dinâmica própria dos indivíduos envolvidos acabam sofrendo (ou se veem sob ameaça de sofrer) a intervenção da mão pesada do Estado. Já li artigos de "neocons" americanos queixando-se até mesmo das leis contra embriaguez ao volante, dizendo que se tratam de uma tentativa totalitária do Estado de determinar "a composição do sangue" dos indivíduos. E eu mesmo já me manifestei contra o que vejo como uma judicialização excessiva das questões de liberdade de expressão e de informação, onde parece que é cada vez mais fácil achar um juiz  que mande o adversário calar a boca do que encontr