Postagens

Mostrando postagens de Novembro 27, 2011

Ciência, saúde e a maldição do "personagem"

Acho que já fiz, no passado, um longo "rant" contra um vício particular que vem tomando conta do jornalismo na área de saúde, a saber, o de que toda matéria tem de girar em torno de um "personagem". Partindo do pressuposto de que o leitor médio de jornais e revistas é incapaz de, ou está indisposto a, prestar atenção em qualquer narrativa um pouco mais complexa que um roteiro de telenovela, os editores passaram a exigir que virtualmente qualquer reportagem sobre doenças ou tratamentos tenha "personagem", e.g., uma pessoa que sofre da moléstia/passa pelo procedimento.

 (Isso ajuda a explicar, entre outras coisas, a superpopulação de jovens mães na casa dos 30, estudantes universitárias, empresárias, jornalistas, publicitárias que infesta as narrativas midiáticas: o jornalismo é cada vez mais uma profissão feminina, e a busca insana por personagens acaba levando as autoras a "caçar" fontes em seu próprio extrato demográfico.)

 Não estou dizendo…

O poder de prever o futuro

Imagem
A edição de dezembro da edição americana da Scientific American (e talvez a brasileira também; aliás, parabéns à SciAm Brasil por publicar um artigo de Michael Shermer! espero que vire hábito) traz um artigo sobre o Projeto FuturITC, que pretende criar um computador capaz de modelar o mundo -- integrando os zilhões de bits produzidos diariamente sobre clima, economia, política, etc., para "prever o futuro".

Ou, mais precisamente, criar cenários que possam informar as decisões de líderes políticos, agências internacionais, etc, etc. Usando um exemplo da própria revista, a máquina poderia calcular quais as consequências mais prováveis de a Grécia abandonar o euro. Ou, para ficar mais perto, quais seriam as consequências de longo prazo da aprovação do novo Código Florestal brasileiro.

Uma possibilidade especialmente instigante é a de o FuturITC gerar respostas francamente contraintuitivas -- por exemplo, que o aumento do desmatamento da Amazônia ajudaria a salvar o urso polar d…