Postagens

Mostrando postagens de Agosto 21, 2016

20 anos, 10 livros

Imagem
Meu primeiro livro de contos, Medo, Mistério e Morte, foi lançado há 20 anos, em 1996, que assim como este 2016 era ano de Bienal Internacional do Livro em São Paulo. Publiquei muita coisa desde então, seja em revistas, fanzines ou antologias, no Brasil ou no exterior. Além disso, algumas obras saíram mais de uma vez, em formatos e estruturas diferentes. Mas, fazendo as contas e consolidando tudo, cheguei a um número redondo: foram dez livros em duas décadas, sendo três de divulgação científica, três volumes de contos (Medo Mistério e Morte não entra nessa conta, já que foi absorvido pela antologia mais recente Mistérios do Mal), dois romances de ficção científica (um deles, Nômade, voltado para o público juvenil) e duas novelas de fantasia. A esmagadora maioria desses trabalhos saiu pela Editora Draco nos últimos cinco anos.

O que esses números mostram? A taxa média, elevada, de um livro a cada dois anos poderia levar um observador cínico a dizer que eles confirmam o velho ditado de …

O ufólogo da Casa Branca

Imagem
Enquanto no Brasil um deputado busca regulamentar a "profissão" de ufólogo, a fim de abrir caminho para o financiamento público de pesquisas sobre o tema, nos Estado Unidos a candidata à Presidência Hillary Clinton não só promete liberar "todos os documentos" sobre óvnis, caso eleita, como tem, como chefe de campanha, John Podesta, um ufólogo "obsessivo", segundo este perfil publicado pelo Washington Post. Podesta, que ocupou posições importantes no gabinete do presidente Bill Clinton nos anos 90 e foi conselheiro de Barack Obama, era conhecido por "pegar o telefone e ligar para a Força Aérea perguntando o que acontece na Área 51".

Escrevendo para a revista Skeptical Inquirer, Robert Sheaffer nota que Podesta tem uim interesse especial no chamado "caso Kekcsburg", um evento ocorrido em 1965 e que alguns documentários de TV de má reputação tentaram transformar num "segundo Roswell". Sheaffer explica que o "evento" c…

Rito satânico no CERN! (ironia, gente, ironia)

Imagem
As pessoas andam tão entusiasmadas com as cerimônias dos Jogos Olímpicos que esta aqui passou batida: uma cerimônia satanista, em torno de um ídolo do Shiva, deus hindu da destruição, com sacrifício humano e tudo, realizada no CERN, o centro internacional de pesquisas científicas responsável pelo LHC, equipamento que permitiu a descoberta do bóson de Higgs. Como mostra o vídeo abaixo:



A coisa toda, é claro, não passou de uma piada. Existe muita conversa fiada por aí sobre o LHC ser uma espécie de "máquina do juízo final" -- a ideia difusa de que as colisões de partículas que acontecem ali poderiam abrir um buraco negro ou desestabilizar o espaço-tempo -- e é perfeitamente compreensível que alguns cientistas percam a paciência com essa bobagem toda e resolvam brincar com o assunto. Até mesmo os filmes da série "Código Da Vinci" já associaram o LHC ao fim do mundo, por exemplo.

Em comunicado à agência de notícias AFP, a direção do CERN reconhece que a "cerimônia…