Postagens

Mostrando postagens de Abril 2, 2017

Astrologia financeira, ó céus!

Imagem
Um amigo me envia, pelo Facebook, o link para uma matéria da Folha de S. Paulo sobre "astrologia financeira". Não trato diretamente desse assunto no meu "Livro da Astrologia", mas foi só esticar o braço aqui na estante de casa e pegar o volumoso "Tests of Astrology", um compêndio publicado em Amsterdã no ano passado, que reúne e analisa centenas de experimentos envolvendo astrologia realizados nas últimas décadas. Uma olhada no índice e vi que ele contém duas páginas e meia dedicadas à aplicação da astrologia nas finanças.

A principal ilustração é essa que você vê aí em cima, comparando os preços do ouro em Londres durante os primeiros meses de 1984 e a previsão de um "consultor astrológico" para o mesmo período. Esse consultor, Daniel Pallant, não era um astrólogo qualquer, mas o diretor  de uma firma (Commodity Consultants, Ltd.) que vendia suas dicas astrológicas a clientes investidores.

O verbete em "Tests of Astrology" comenta ain…

O financiamento público da pseudociência

Imagem
A ciência brasileira está nas cordas, cambaleando, por causa de cortes drásticos no orçamento do setor -- e isso quem diz não sou eu, deu na Nature. Sintomaticamente, menos de uma semana antes, a Science havia publicado estudo mostrando que o investimento público em pesquisa científica é fundamental para o sucesso da indústria farmacêutica, base de um mercado que, em 2015, gerou receitas globais de mais de US$ 1 trilhão, ou meio Brasil.

Ninguém ignora, ainda, que toda a "economia do conhecimento" em que estamos imersos se apoia em tecnologias desenvolvidas com verbas públicas, seja por meio de dotações a universidades ou de contratos entre governos e empresas que mantêm departamentos robustos de pesquisa e desenvolvimento, além de laços com universidades.

Há quem se escandalize com isso, a privatização dos lucros gerados com conhecimento financiado pelo público, etc., mas o fato é que, pelas regras atuais do jogo global, é o gasto público em ciência que puxa o fio da meada …

Ficção científica em promoção!

Imagem
A livraria brasileira da Amazon.com incluiu dois contos meus de ficção científica em sua "Mega Oferta", que começou hoje e vai até a meia-noite do próximo dia 9 de abril. São elesDiamante Truncado e O Lamento de Suas Mulheres. O primeiro, que chegou a finalista do Prêmio Argos do ano passado, envolve um programa de pesquisa latino-americano no lado oculto da Lua, num momento do futuro em que os EUA se desintegraram por conta de conflitos internos político-religiosos e o chamado "Terceiro Mundo" cresceu para ocupar o vácuo (se a segunda parte da premissa parece fantasiosa demais, olhem para o governo Trump e digam-se se a primeira não foi profética!).

O Lamento de Suas Mulheres é uma espécie de reflexão que põe em paralelo duas visões do planeta Marte, a dos romances científicos do início do século passado -- que viam lá um cenário que misturava fantasia medieval com faroeste -- e a oferecida pela ciência moderna. O título, claro, é uma paráfrase da frase atribu…