Postagens

Mostrando postagens de Agosto 20, 2017

Um conto de dois Brunos

Imagem
Enquanto pesquisava meu Livro da Astrologia , tive algum contato com o trabalho de Giordano Bruno -- ele foi mais um dos filósofos renascentistas que viam na simbologia astrológica uma espécie de tecnologia mágica para manipular a realidade -- e descobri que, para além de suas especulações sobre a infinitude do cosmo ( "apresento-vos minha contemplação sobre o infinito universo e seus mundos inumeráveis" , como escreveu certa vez) e dos pronunciamentos heréticos que acabaram por condená-lo à fogueira, o sábio também havia composto uma obra sobre a mnemônica, a arte de fixação e preservação da memória. No meu tempo, quem estudava para o vestibular acabava bem familiarizado com truques mnemônicos, do tipo "Bela Magrela Casou com Senhor BaRão", que dá os elementos da família 2A da Tabela Periódica . No mundo intelectual da Idade Média e do Renascimento, onde eram comuns disputas retóricas acaloradas e debates ao vivo -- que, eventualmente, poderiam acabar custand