Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 17, 2013

O furo na pedra de Marte

Imagem
Pó de rocha marciana, em coletor do jipe Curiosity Muita coisa aconteceu nesta semana: a Yoani Sanchéz chegou ao Brasil, o PT fez festa de aniversário, o Aécio discursou... E a Nasa anunciou que, pela primeira vez na história, um instrumento criado pelo homem perfurou uma rocha localizada em outro planeta. O press release está lá, datado de 20 de fevereiro, com o título seco e direto: " NASA Rover Confirms First Drilled Mars Rock Sample ". A imagem, acima, mostra o pozinho produzido pela perfuração, que agora será peneirado e colocado nos instrumentos de análise química e física do jipe Curiosity. Só para lembrar: lançado da Terra em novembro de 2011, o Curiosity pousou em Marte em agosto do ano passado, numa das mais radicais manobras radicais de todos os tempos , envolvendo o uso de um guindaste a jato. O vídeo abaixo, feito com base em imagens registradas pelo próprio jipe, mostra como foi a descida em Marte de um ponto de vista de primeira pessoa (o objeto que a

O Mito da Queda

Imagem
Uma das vantagens de meu emprego atual é o acesso liberado ao conteúdo do Chronicle of Higher Education , onde parte dos artigos são de livre leitura e parte, exclusiva para assinantes. Se o artigo  Misguided Nostalgia for Our Paleo Past estiver disponível gratuitamente, faça um favor a si mesmo e leia-o. De autoria da bióloga Marlene Zuk,  ele é um excerto do livro Paleofantasy: What Evolution Really Tells Us about Sex, Diet, and How We Live , que deve sair em março, e que já pedi na pré-venda. O argumento geral parece ser este: "Nem nós, nem nenhuma outra espécie jamais chegou a um ajuste perfeito com o ambiente. Em vez disso, nossa adaptação é como um zíper quebrado, onde alguns dentes se alinham e outros se afastam (...) querer ser mais como nossos ancestrais significa desejar um conjunto diferente de ajustes". Soa até meio óbvio, suponho, mas é bom parar para pensar no que essa afirmação representa para o que talvez seja o meme dos memes, a mitologia por trás de p