Os perigos do GPS

O uso crescente de sistemas de navegação por satélite está atrofiando a capacidade humana de coordenar visão e memória para determinar localizações no espaço, diz artigo de opinião publicado na revista Nature. O autor do artigo, Roger McKinlay, foi um dos responsáveis pelo desenvolvimento da moderna tecnologia de navegação por satélites, mas hoje adverte para os riscos da crescente dependência dessa tecnologia, principalmente por parte do grande público. Ele cita simulações mostrando que motoristas que seguem cegamente instruções de GPS têm menos noção de onde estão do que os que seguem mapas. Leia a conclusão dessa nota, e outras, no Telescópio do Jornal da Unicamp.

Comentários

  1. Olá, Carlos. O link no final do post direciona à seção Telescópio mas não ao artigo sobre GPS. Tentei pesquisar no Telescópio da Unicamp mas a pesquisa não encontrou o artigo.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Jairo! A notinha sobre GPS aparece no meio da coluna, com o título "Navegação atrofiada". É só rolar a página. Um dia ainda teremos como fazer hashtags e linkar direto para as notas individuais...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Baleia ou barriga?

O financiamento público da pseudociência

Design Inteligente é propaganda, não ciência