Needle, à venda. Comigo dentro.

Saiu, finalmente: está à venda na livraria virtual lulu.com a edição mais recente da revista americana de mistério e suspense Needle, editada por Steve Weddle. Eu compareço com o conto Bad for Business, a respeito de um motel-puteiro que tem como proprietário um investigador da polícia civil. Sórdido? Claro.

A revista, afinal, se apresenta como "a magazine of noir", e faz por valer o nome: em sua edição anterior, trouxe um conto de Gil Brewer, cujas histórias sobre crimes motivados por perversões sexuais tornaram-no virtualmente impublicável no fim da vida -- e ele morreu em 1983.

A capa da edição com o meu conto é esta aí à esquerda. Só posso dizer que ando tendo sorte com meus capistas ultimamente (meu conto pós-apocalíptico Antropomaquia vai sair na coletânea Fantasias Urbanas, que também tem uma capa estonteante).

O conto foi escrito diretamente em inglês. Não se trata de minha primeira publicação no mercado americano: já saí, em priscas eras, num número do clássico fanzine Crypt of Cthulhu e, mais recentemente (mas não muito), na antologia Rehearsals for Oblivion, com uma história sobre monstros sobrenaturais e teatro alternativo durante a ditadura militar de 64-85. Mas esta é minha primeira história de mistério a sair lá fora e, se me permitem um pouco de cabotinismo, por baixo da roupagem "noir" trata-se de um crime de quarto fechado até que bem razoavelzinho.

Enfim: para quem gostar desse tipo de coisa, fica a sugestão. Ler Needle é meio que um soco no estômago, mas quem quer ficar para sempre na zona de conforto?

Comentários

  1. Ok, Carlos. Ótimo. Parabéns.
    Mas a pergunta que fica é: onde posso comprar no Brasil? De preferência um e-commerce porque eu moro em Joinville - SC e livraria aqui não presta.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, André! Compre no site da Lulu:

      http://www.lulu.com/product/paperback/needle-magazine-winter-2012/18958108

      Com a senha 'marbooks12', rola 20% de desconto, acho que dá pra cobrir parte do frete.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Baleia ou barriga?

O financiamento público da pseudociência

Design Inteligente é propaganda, não ciência