Ceticismo, em três princípios simples

Edição recente da revista Skeptical Inquirer, talvez a mais antiga publicação sobre ceticismo em circulação no mundo, traz um artigo do professor de Filosofia Stephen Carey com o seguinte título: “Yes, but how do you explain this?” (“Tá legal, mas como é que você explica isso?”). Carey relata como encontrou uma espécie de “resposta padrão” para essa indagação, em três partes. São elas: seu caso não é especial; o que você vê não é toda a verdade; tudo funciona. Leia mais sobre isso no Olhar Cético.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Baleia ou barriga?

O financiamento público da pseudociência

Design Inteligente é propaganda, não ciência