No mundo da Lua

A sonda LRO, da Nasa, é u,ma espécie de órfã: ela foi lançada quando a Nasa ainda estava sob a diretriz do governo Bush, de preparar um retorno humano à Lua. Ela está equipada para mapear a superfície lunar em detalhes, em busca de um local adequado de pouso (e tomou parte na épica descoberta de reservas de água no polo sul do satélite).

Criada como precursora de uma missão que acabou cancelada, a LRO, no entanto, continua a produzir imagens fantásticas da Lua. Abaixo, duas da cratera de Tycho, batizada em homenagem a Tycho Brahe, astrônomo que preparou o caminho para as descobertas que Kepler faria mais tarde.


Essa aí em cima é uma panorâmica da cratera; a de baixo é um close do morrinho que aparece no centro da depressão:


Tycho tem 82 km de diâmetro, e o pico central tem 2 km de altitude. A distância da borda ao fundo da cratera é de quase 5 km.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

"Fosfo da USP" volta a dar chabu em testes oficiais

A maldição de Noé, a África e os negros

Primeiros testes: "fosfo da USP" não funciona e não é "fosfo"