Spirit is dead


A Nasa decidiu ontem encerrar as tentativas de retomar contato com o robô Spirit, que operava em Marte desde janeiro de 2004. A última comunicação do robô com a Terra ocorreu em março do ano passado.

De acordo com a agência espacial, os recursos que vinham sendo usados nas tentativas de reativar o Spirit -- que provavelmente congelou além de qualquer possibilidade de recuperação no inverno marciano -- serão destinados para o lançamento do robô Curiosity.

 A mais ambiciosa missão robótica já planejada para Marte, o Curiosity tem o tamanho de um jipe, é movido por energia nuclear e conta com instrumentos inéditos no planeta vermelho, incluindo um laser que será usado para vaporizar amostras de rocha -- o gás gerado será em seguida analisado pela máquina.

A missão original do Spirit era prevsoita para durar três meses. Ele funcionou por seis anos. O robô ficou atolado num banco de areia fofa em 2009, de onde não conseguiu mais sair. Mesmo assim, continuou a enviar dados científicos para a Terra até o ano passado.

O "irmão gêmeo" do spirit, o robô Opportunity, continua operando em Marte, se encontra em meio a uma viagem de 4 km rumo a uma createra chamada  Endeavour.

Descobertas feitas pelos dois robôs -- especialmente, a de que as rochas marcianas atuais mostram sinais de terem sido modificadas por água -- revolucionaram a compreensão científica de Marte, aumentaram a percepção de que Marte pode ter abrigado vida no passado e abriram caminho para uma série posterior de missões, como a Phoenix (que operou em 2008) e o Curiosity. A sonda Phoenix fez descobertas importantes sobre a química do solo marciano.

A imagem acima mostra os rastros frescos deixados pelo Spirit no solo marciano em 2004, pouco depois de sua chegada ao planeta vermelho.

Abaixo, um quadrinho do xkcd, trazido à minha atenção pelo @Dbohr:

Comentários

  1. Agora nós temos mesmo que enviar uma missão tripulada para Marte -- se não por mais nada, para resgatar o pobre rover!

    -Daniel Bezerra

    ResponderExcluir
  2. Agora estou com uma dúvida sobre a tira: A contagem de dias são realmente de dias terrestres ou de sols marcianos?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Baleia ou barriga?

O financiamento público da pseudociência

Design Inteligente é propaganda, não ciência