Veja lua de Marte em 3D!

A Agência Espacial Europeia (ESA) divulgou imagens feitas por sua sonda Mars Express durante uma passagem próxima a Fobos, uma das duas luas de Marte. Uma das imagens é um anaglifo, uma sobreposição das cores azul e vermelho que permite uma visão em 3D da lua, desde que se tenha os óculos adequados, com celofane vermelho sobre o olho esquerdo e azul no direito.

Esses óculos vêm de brinde em gibis 3D (como a HQ Superman: Last Son, do Super-Homem), e a Nasa oferece um tutorial para quem quiser fazer um par em casa (que você encontra aqui). Aliás, a Nasa também ensina a fazer imagens 3D com uma câmera digital comum.


O efeito 3D funciona porque as cores sobrepostas da imagem, filtradas pelos celofanes de cores diferentes, garantem que um olho registre uma imagem ligeiramente diferente da que está sendo captada pelo outro -- exatamente o mesmo efeito que gera a visão tridimensional normal.

Uma teoria sobre a origem de Fobos (cujo nome signifca "Medo", em grego) propõe que ela seja, na verdade, um asteroide capturado pela gravidade marciana. Um fato confirmado é que Fobos está caindo, e deve colidir com Marte daqui a 50 milhões de anos.

A imagem abaixo marca dois pontos da superfície da lua que deverão ser visitados pela sonda Phobos-Grunt, que a agência espacial russa pretende lançar no fim deste ano, se não sofrer novos contratempos (o lançamento original estava previsto para 2009).




A sonda russa levará, de carona, a primeira sonda marciana da China, além do experimento “Life”, da organização Planetary Society, que estudará como seres vivos da Terra se viram no espaço durante uma viagem a Marte. A cápsula Life transportará amostras de bactérias e até da planta Arabidopsis thaliana, um clássico organismo-modelo.


Fobos também é lar de uma enorme cratera, Stickney, batizada em homenagem à matemática, ativista política e abolicionista americana Angeline Stickney Hall, mulher do descobridor de Fobos, Asaph Hall. Medindo 9 km de diâmetro, a cratera ocupa uma boa proporção da superfície da lua, que tem 22 km de diâmetro ao todo. Stickney aparece na imagem abaixo:


A “cratera dentro da cratera” chama-se Limtoc, nome de um personagem das Viagens de Gulliver. Nesse livro de Jonathan Swift, publicado em 1726, os astrônomos da ilha Laputa dizem ter descoberto duas luas em Marte. Fobos e a outra lua de Marte, Deimos ("Terror") foram realmente descobertas na década de 1870 por Asaph Hall.

Comentários

  1. Para quem não se lembra, Fobos e Deimos são o palco do bisavô dos jogos de ação, o inesquecível DOOM.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Baleia ou barriga?

O financiamento público da pseudociência

Design Inteligente é propaganda, não ciência